A liberdade existe, a graça é o seu corpo


Excertos de «A Alegria, a Dor e a Graça»

É um universal que vem encher o vazio da forma.

Cada ser conhece imediatamente o Espaço como um ponto de impenetrabilidade que é a sua afirmação de coexistência, conhece o Tempo como o caminho da tendência, a distância entre o desejo e a acção.

Este conhecimento vago precisa-se pelo movimento, que dá ao Espaço e ao Tempo a sua mais alta organização.No mundo da realidade, da harmonia, do caos ordenado, do Universo, o particular absoluto não existe.“Tudo é em tudo” é o primeiro universal.

Textos de Leonardo Coimbra

Voltar à 1ªPágina


A minha esposa

Dedicatória de «A Luta Pela Imortalidade»

Minha querida amiga:

Lembras-te daquela madrugada trágica em que na casa de meu Pai, sob o uivo dos cães e duma aragem rápida, fina, incoercível, de Junho, nos fômos do quarto onde morrera o nosso filho?

Muito enleados, árvores destroçadas pelo ciclone, fômos para o quarto onde, dez anos antes, quási nos meus braços morrera meu Pai.

A tua dôr era toda do nosso filho, a minha dôr era a dele e a tua; nunca senti tão claramente que o homem é o protector da mulher, que lhe cumpre trazê-la ao colo e no coração.